A Comédia dos Anjos – Adriana Falcão –

, Livros

Livro: A Comédia dos Anjos

Autora: Adriana Falcão

Editora: Planeta

Oi pessoas!

Todo mundo tem aquela lista de autores prediletos, correto? Pois é, Adriana Falcão faz parte da minha e até hoje ela é a única que fez com que eu lesse o mesmo livro 3 vezes.

A primeira vez que li esse livro, eu estava no 8º ano do Ens. Fundamental e logo de cara me apaixonei pela história. Mas todo mundo sabe como é biblioteca de escola, não é mesmo? Difícil encontrar o mesmo livro várias vezes por causa dos engraçadinhos que não devolvem. Infelizmente foi isso que aconteceu comigo: depois de ler eu devolvi e demorei séculos para encontrá-lo novamente. Para minha sorte, o governo resolveu mandar livros novos, e quando eu estava no último ano da escola eu encontrei a nova versão, só assim pude relembrar essa história divertida, e para compensar o tempo perdido eu o li mais duas vezes.

Mas eu sei que você quer saber é da resenha e não dos meus infortúnios, então vamos lá:

O livro é bem inusitado. Até hoje eu não sei se posso falar: “conta a história da vida” porque se trata da história de um fantasma e sua filha. Exatamente! Dona Maria Madalena Teresa de Jesus Rita de Cássia Santana é um fantasma que volta pra “assombrar” a vida do ex-genro e tentar fazer com que o atual namorado de sua filha fique rico.

Tudo começa quando Dona Madalena sofre um infarte em 1958 e bate as botas. Logo depois de seu enterro, uma série de “desgraças” acontece na vida de sua filha Edith: o ex-marido Paulo (jogador de futebol) volta para tentar conquistá-la novamente; seu atual namorado (dono de um bar) começa a falir e morre de ciúmes da situação; e ainda seu filho de 5 anos torce para que os pais voltem a ficar juntos. Assim a situação só piora quando dona Madalena -sem mais, sem menos – resolve voltar para tentar ajudar a filha que não consegue ser independente em hipótese alguma.

Sogra é um caso sério, não é mesmo? (brincadeirinha, beijos pra minha sogrinha Helena). Então… voltando ao assunto, para Paulo, dona Madalena se revela um verdadeiro fantasma, porque além de ser a responsável pela separação da filha, quando ele tem a chance de reatar o casamento ela se remoí no túmulo e volta para garantir que isso não aconteça. Também para mostrar que odeia mesmo o ex-genro, ela faz de tudo para ajudar o atual (Marcelo) subir na vida, e uma das maneiras que ela encontra para fazer isso é voltar a jogar pôquer com suas amigas fofoqueiras para tentar ganhar mais dinheiro.

or0fvspwsca0vyh5ouls

É um livro pequenininho, mas muito gostoso de ler que se passa nas vésperas da copa de 1958. E pra terminar, olha só que interessante: Ao retornar dos mortos para impedir que sua filha volte para o ex marido, ela estava prestes a acabar com as chances de um garoto de 17 anos se tornar o atual e mundialmente conhecido Rei do futebol. Isso mesmo! Já vou explicar essa loucura colocando aqui a contra capa do livro para você se divertir um pouquinho com essa inusitada história que a Adriana inventou:

Você gosta de futebol?

 

Dona Maria Madalena Teresa de Jesus Rita de Cássia Santana também.

 

Mas nem tanto de jogadores de futebol. Muito menos de um, chamado Paulo Henrique, que foi casado com sua filha. Tanto que ela foi capaz de morrer e descer de novo à Terra só para separar os dois. Sem saber que sua decisão poderia impedir que um certo menino de 17 anos, convocado como reserva, jogasse na Copa de 1958 e se tornasse o futuro rei do futebol.

 

Claro que é tudo brincadeira da escritora Adriana Falcão. Mas uma brincadeira que vai fazer você rir pra valer.

 

Um livro para jovens de todas as idades (gostem ou não de futebol).

 

Então é isso amores, espero que tenham gostado e leiam essa história divertida da minha querida escritora brasileira Adriana Falcão. Beijos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta