DORAMA – Hello, My Twenties (Age of Youth)

, Series

Sinopse: Estrelado por Han Ye Ri e Park Eun Bin

Han Re Ri (Six Flying Dragons) e Park Eun Bin (Choco Bank) vivem uma comédia sobre amizade, amor e as dificuldades da vida universitária. A universitária Yoon Jin Myung (Han Re Ri) vive ocupada enquanto trabalha para pagar seus estudos e ir bem nas provas, tendo muito pouco tempo para o drama que a cerca em seu cotidiano. Infelizmente, as outras quatro garotas com quem vive não a deixam escapar facilmente. A universitária Song Ji Won (Park Eun Bin) não deixa que sua bebedeira tire o melhor da sua personalidade. Jung Ye Eun (ex-integrante do KARA, Han Seung Yeon) é apaixonada pelo namorado e sempre deixa bem claro o que não gosta. Kang Yi Na (Hwa Young) tem uma grande popularidade devido ao seu corpo tonificado. Yoo Eun Jae (Park Hye Soo) é a mais nova inquilina e se esconde atrás de sua timidez e gosto peculiar em rapazes. Juntas, elas passarão por vários desafios diante da vida, mas para que mais serviriam colegas de quarto?

Hey, my lovelies

Como estão vocês? Peço perdão pelo sumiço, mas hoje retornei, porque como diz o célebre ditado: “o bom filho à casa retorna”.

Hoje vou tratar de um tema diferente dos livros, que foi o que sempre resenhei por aqui. Sabe a nossa blogueira Vanessa… A que falou aqui sobre Descendants Of The Sun? Então, é tudo culpa dela.

Foi Van que me apresentou Descendants e depois disso os doramas invadiram a minha vida. Vi uma frase referente à conhecer essas maravilhosas séries coreanas que é uma verdade: “sente-se confortavelmente, pegue uma pipoca e aproveite a estadia, porque você não vai sair mais”. Define bem a situação.

Para quem não entendeu nada, doramas são novelas/séries orientais que podem ser provenientes de vários países como Coréia do Sul, Taiwan, Japão e etc. No momento estou mais focada nas coreanas, mas logo logo vem uma resenha de um dorama japonês por aí.

Hello, My Twenties ou Age Of Youth trata da história de 5 meninas que moram juntas em uma república. A personalidade delas é totalmente diferente entre si o que por vezes pode causar conflitos entre elas.

Não se engane com a pintura puro clichê que acabei de fazer com a típica história de república, aqui existe um fundo diferente por trás do óbvio. Cada uma das meninas esconde um segredo que começa a vir à tona quando uma delas, Song Ji Won, diz que consegue um fantasma a rondar pela casa. Acontece que elas em separado tem motivos para acreditar que o fantasma é relacionado a alguém de sua vida.

Hello-My-Twenties1

O primeiro episódio dá a impressão de que a série é focada na vida da novata Yoo Eun Jae, porém os episódios se revezam focando no drama pessoal de cada uma das personagens e é aqui que as coisas começam a ficar interessantes.

O que elas escondem são coisas sérias como prostituição, relacionamentos abusivos, assassinatos, eutanásia, pobreza e etc… Não é atoa que doramas também são conhecidos como dramas, Age of Youth é a encarnação viva disso. Comecei a assistir achando que tudo seriam flores, corações e sorrisos… Ledo engano. Tem tudo isso e mais.

Algumas das cenas chegam a nos assustar devido ao fato de que no geral os ambiente são claros, habitualmente denotando o clima mais leve do dorama, mas aí vem uns momentos mais pesado psicologicamente pesados.

Ah… Suspiros, eles existem porque os casais são fofinhos, chega a ser engraçado a maneira como se relacionam.

Gostei bastante de ver como desenvolveram os problemas de cada uma tanto em separado como conjuntamente. De alguma forma conseguiram interligá-las para fazer com que conseguissem resolver suas situações em conjunto.

abc367ed-9c8b-4dfe-a682-987a8dc5de0d

8c087d5e-978a-4e63-a0c8-936fa4794a69

92fdc5de-d434-4b96-ab47-a65c4853a75a

7c05f87c-b74b-4a3c-88e8-368813f10b5e

79f93365-5b9a-40a3-96d0-350155498b81

As diferenças culturais são drásticas, pessoal. Algumas coisas só entendi após conhecer mais um pouco da cultura coreana. Já venho vos avisar que contato físico entre eles não é em nada como aqui nas terras tupiniquins. Não só na questão de casal/amorosa, mas em tudo. Amigos andando abraçados? Desiste. Demonstrações de carinhos explícitas? Desiste. Casais se agarrando por aí? Desiste.

E mesmo assim é interessante.

Também tive um leve problema em decorar os nomes, na verdade ainda tenho porque são bem diferentões. E os rostinhos? Eu achava todo mundo igual kkkkkkk Agora já consigo diferenciá-los e o mais intrigante começo a distiguir as nacionalidades asiáticas e reconhecer os padrões faciais que os diferenciam.

Eu sou de humanas (isso, o povo das miçangas), então sou meia suspeita. Culturas diferentes, idiomas diferentes sempre me encantaram, por isso todo dia me apaixono mais e desejo que se apaixonem assim como yo.

Até a próxima, meus leitores lindos.

Beijinhos =*

Lista de comentário

  • Deh 01 / 02 / 2017 Reply

    Adorei Binha!! “Sente-se confortavelmente,pegue uma pipoca e aproveite a estadia, porque você não vai sair mais” é a frase que mais representa a nossa vida de dorameira <3 bjoos

    • Binha Cibelle 01 / 02 / 2017 Reply

      Ownt, bginha Deh <3 Super representativa rs

Deixe uma resposta