Resenha: Flores Para Cecília – Paulo Caldas

, Livros

Livro: Flores Para Cecília

Autor: Paulo Caldas

Editora: Bagaço

Oi amores, olha eu aqui de volta depois de tanto tempo <3

Esse livro é um dos meus favoritos, assim como o Soul Louve, da Lynda Waterhouse que eu já resenhei (AQUI) e existe algo muito comum pra mim relacionado a esses dois autores: Uma vontade imensa de matá-los por ainda não terem feito uma continuação para uma história tão perfeita!

Em flores para Cecília você vai conhecer uma história inusitada que leva a refletir sobre o contraste entre a riqueza extrema e a pobreza.

Inês Cecília Albuquerque Malta é uma criança que nasce no berço de ouro de uma renomada e tradicional família de Alagoas.

Dionísio é um marginal conhecido e perigoso, com quase 40 anos, que ainda não tomou jeito e se sustenta através de roubos que faz pelas ruas da cidade.

E aí você deve estar se perguntando, o que é que tem a ver uma coisa com a outra? Calma que eu já vou te explicar…

Em uma missão bem sucedida de entrar na mansão da família Albuquerque, Dionísio – sem querer – desperta Cecília do sono; na tentativa de não fazer a menina chorar ele se depara com uma cena que o deixou paralisado: “a criança, de pé junto as grades do berço, sorria, estendia os braços e ensaiava alguns passos na sua direção. Aquela era primeira vez na sua vida que alguém lhe sorria com tanta ternura”.

De uma maneira que ele não conseguia explicar, o choro daquela criança marcou sua vida para sempre.

Depois desse dia foram inúmeras as vezes que mesmo relutante Dionísio voltou a mansão; para o seu ego era apenas pelo dinheiro fácil que ele sempre conseguia, mas no fundo ele sabia que o coração sempre pedia para estar ali por outro motivo. Tanto que no natal, antes do aniversário de 1 ano, Cecília recebeu uma imensa boneca de cabelos loiros e olhos absurdamente azuis. Ninguém da família sabia de onde viera aquele presente que no futuro iria se tornar o seu preferido, mas em meio a tantos outros que a menina recebeu na mesma noite esse detalhe acabou passando despercebido.

Tempos depois Dionísio se envolveu em milhares de encrencas até ser preso e logo depois se tornar fugitivo.

Os anos se passaram e Cecília cresceu, foi estudar no exterior e logo depois de completar 18 anos ela volta para sua cidade natal como uma menina rebelde e mimada. Ao se reencontrar com Dionísio e sem limites impostos pelos pais, ela começa a sair nas noites de carnaval e juntos eles se envolvem em várias encrencas. De menina rica com um belo futuro pela frente ela se torna procurada pela polícia, e daí vem várias situações em que ela começa a viver como uma garota rebelde, sem imaginar que no futuro essas aventuras poderão custar a sua própria vida.

O livro é narrado como uma novela, tudo acontece muito rápido e a história te prende do início ao fim. A cada página lida, a curiosidade sobre qual é o real sentimento existente entre Dionísio e Cecília aumenta. No final das contas ele é o pai presente que Cecília nunca teve ou existe algo mais intenso entre os dois?

Bom, se você não ler, nunca vai descobrir, não é mesmo? Então fica ai minha dica de uma história inusitada e cativante que vale a pena conhecer.

 

 

um Comentario

  • Binha Cibelle 04 / 04 / 2017 Reply

    Mas gente, que raios de história que nem com a resenha eu consigo lembrar kkkk
    Só lembro de verdade que gostei. rs
    Adorei.

Deixe uma resposta