Resenha # Um Dia

, Livros

Um Dia
Autor: David Nicholls
Editora: Intrínseca
um-diaSinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Eu amo com todas as minhas forças o filme Um dia. Sabe aquele filme que você rever diversas vezes e não se cansa? Pois bem. Essa é minha relação com Emma e Dexter.
Demorei muito para ler o livro. Não tinha lido antes devido ao medo de não conseguir ornar a literatura com a adaptação cinematográfica. Me enganei e me apaixonei mais pela história escrita por David Nicholls.
Emma e Dexter se conheceram logo após a formatura no dia 15 de julho de 1988 e deram início a uma amizade eterna.
Após se conhecerem, Dex e Emma tomam caminho diferentes. Emma se torna garçonete e trabalha no sonho de se tornar escritora. Dex viaja o mundo, continua galanteador e trabalha no ramo televisivo.

“-Nada. Ah, nada. É que… – Olhou para ele. – Eu achei que finalmente tinha me livrado de você. – Acho que você não vai conseguir fazer isso – respondeu Dexter.”

Ao longo dos 20 anos seguintes acompanhamos as decepções, as paixões, brigas, risadas, lagrimas e esperança.
O livro vai muito além de um romance entre homem e mulher, ele retrata o relacionamento de amigos, cumplicidade, a importância de se conhecer e superar as dificuldades encontradas ao longo da vida.

“Está fazendo tudo certo. Tudo vai ficar bem, desde que nada mude.”

A narrativa é ótima e a escrita melhor ainda. Os capítulos são marcados pelo 15 de julho e em cada ano você observa como cada um impactou na vida do outro. O romance descrito no livro é bem real, a mensagem transmitida vai ter um significado diferente para cada um que ler. Mas garanto que vai te marcar para sempre.
Chorei em alguns momentos, odiei Dexter em vários trechos, em outros odiava a Emma mesmo. Os demais personagens são significantes para todo o enredo e acompanha toda a trajetória durante os 20 anos.
Indico que leia e assista o filme, ambos são ótimos e transmitem a mesma beleza. Não leia se espera encontrar uma arrebatadora história de amor, repito o que escrevi acima, é uma relação de amizade e transição da vida jovem para a adulta.

Deixe uma resposta