Penélope – Marilyn Kaye-

, Livros

Livro: Penélope

Autor: Marilyn Kaye

Editora: Galera Record

Trailer do filme: https://youtu.be/HgkOwq_6GQI

Oi amoras!

Hoje a resenha é de um livro super amorzinho que eu li no quando estava no Ensino Médio.

Confesso que eu estava tão desligada que só essa semana fui descobrir que existe o filme, e tenho certeza que depois de ler sobre essa história você também vai ficar louca para assistir.

Então vamos lá…

Eu queria ir ao shopping, a festas, queria fazer testes para ser líder de torcida. Mas só podia ler a respeito da vida. Eu não podia viver.

Pesadão esse pensamento, né? Pois é, você pode até pensar que Penélope Wilhern é a drama queen, mas não é não, coitada! Ela vive exatamente dessa maneira.

A história de Penélope é sobre superação e amor próprio. Com 25 anos, ela nunca teve namorados, não sai de casa (a não ser no dia das bruxas que é seu preferido) e muito menos tem amigos; seu maior passatempo é ler livros, assistir filmes e cuidar das plantas.

Tudo isso porque sua vida é baseada em uma maldição. Um feitiço jogado sobre sua família desde a época de seu tataravô, e para quebrar essa maldição ela tem que se casar com um homem de sua mesma classe social. Uma condição que seria muito simples (principalmente para uma garota de família abastada e da alta sociedade que só anda com roupas de grifes) se não fosse pelo fato de ela ter nascido com um focinho de porco no lugar do nariz.

Sim! Penélope olha no espelho todos os dias e se sente uma aberração. Tantas qualidades em uma garota que são ofuscadas por causa de seu físico.

O livro é um épico conto de fadas. Uma garotinha que precisa encontrar seu príncipe encantado. Durante toda história ela faz listas e mais listas de possíveis pretendentes, mas não consegue nenhum resultado.

Você vai lendo e no final das contas acabada achando que realmente não tem jeito. Foi uma das coisas que pensei ao chegar na metade do livro e ver tantas tentativas frustradas de encontrar o par perfeito: “coitada, vai morrer encalhada”; e gente, não é maldade, a maneira como a Marilyn escreve faz você acreditar que realmente nada vai dar certo; mas para a felicidade geral da nação eu digo a vocês que a gente fica só no achomêtro mesmo, no final das contas, depois de muito sufoco, ela consegue uma solução (que eu obviamente não vou contar para vocês). Isso mesmo! Vai ter que deixar de preguiça e ler o livro.

Enfim, você vai mergulhar nessa história e eu tenho certeza que vai querer preparar uma missão madrinha de casamento só para casar essa garota, sério gente, ela é muito fofinha. Você realmente vai se apaixonar e claro, passar um pouquinho de raiva porque nem sempre as coisas terminam da maneira que a gente deseja.

Ah, e claro, como eu disse lá no inicio, você também vai aprender que ter amor próprio é a base de tudo.

 

 

 

um Comentario

  • PATRICIA WILHELM CHRISTMANN 08 / 05 / 2017 Reply

    Que fofura de resenha!
    Tem certeza de que acertou o sobrenome da personagem? Está tão parecido com o meu! 😂😂😂
    Vou procurar esse livro, você me conquistou!!!

Deixe uma resposta