RESENHA – Coisas do Coração – Joana Amorim

, Livros

Olá, queridos leitores.

A resenha de hoje é  do livro Coisas do Coração, da querida parceira Joana Amorim, ela gentilmente nos concedeu uma entrevista, que você pode conferir aqui.

Sinopse: Coisas do coração é um livro de pensamentos sentidos verdadeiramente, não só poesias mais todo sentimento que vem a tona quando se está verdadeiramente apaixonado. É um tornado de sentimentos que devasta a alma e depois pede perdão ao coração, que como sempre perdoa tudo. É um apelo pelo sentimento que já não se têm quase nenhum respeito humano por ele, e que muitas pessoas já desistiram de sentir e transformam suas vidas em um prático convívio por medo de amar, sim é o amor, é ele que move o mundo de todas as formas. Não tenha medo, ame incondicionalmente.

Coisas do coração, é um dos livros de poemas mais lindos que já li, ele é repleto de emoções que combinam com alguns momentos da nossa vida. Joana tem uma sensibilidade incrível com as palavras.

Quem me conhece, sabe que sou romântica, mas não ao ponto de ficar por aí lendo poemas (risos) mas, Coisas do Coração me surpreendeu. Pretendia lê-lo aos poucos, um ou dois  poemas por dia, mas não deu muito certo. Comecei a ler e só parei quando cheguei ao fim.

Há momentos na vida, que precisamos de um abraço amigo, de um ombro para chorar ou uma boa xícara de chá, daquelas que nos fazem sentir uma leve sensação de aconchego. Coisas do Coração te faz sentir exatamente assim, abraçado por alguém, traz conforto para a alma.

Seus poemas, conseguem descrever com perfeição os sentimentos e momentos vividos por muita gente.

Quer ver como eu não estou mentindo, tenho certeza que em algum momento você se viu em uma situação assim:

Já não posso

Como posso virar o rosto

Quando o que desejo

É tocar e sentir você,

Deixando livre o meu corpo?

Como posso não ver

Se você é a razão dos meus olhos enxergarem

E a condição essencial

Para eu querer lhe ter?

Como posso pensar, raciocinar

Se o que faço é temer,

Se não tenho coragem

E nem força para tentar não lembrar?

Como posso desviar-me

Se você é quem me hipnotiza

Sem pedir licença

Que me ordena, porque não me segue?

Como posso não resistir

Se a tentação é tamanha

Que me tenta ao prazer

E não deixa eu me redimir?

Quem já se apaixonou, vai entender exatamente o que Joana descreve no poema Apaixonei-me por você:

Apaixonei-me por você

Acho que me apaixonei por você

Não sei se foi por estranhar tanto

A falta que me faz ou talvez

Por sentir que fico mais feliz

A cada vez que o vejo

Por lhe sentir perto e longe

Alguma coisa do bem ou do mal

Leva-me sem restrições morais à sua direção

Uma força que luta contra a minha razão

Que me faz ser alguém bom

Com pensamentos impuros e vis

Alguém que não sou eu

Mas que vive obscuramente dentro de mim

Só esperando o dia pra sair e possuir você

Se você também deseja encantar-se com as doces palavras da Joana, não deixe de ler Coisas do Coração, e também os demais livros escritos por ela. Você pode segui-la em sua rede social.

Beijos doces e até a próxima 😘

joa

Deixe uma resposta