Resenha Coma – Carol Dantas

25 de março de 2018

Olá Leitores!

 

Título: Coma

Escritor: Carol Dantas

Editora: Illuminare

Edição: 1ª

Número de Páginas: 218

Ano: 2017

 

Hoje quero apresentar para vocês “Coma”, um livro de Carol Dantas, uma jovem escritora nacional com muito talento.

Em Coma, acompanhamos a história de Daniel Rachmanov, um neurocientista extremamente comprometido com suas pesquisas que são bastante importantes para o progresso da medicina. A trama começa a se desenvolver quando Daniel percebe que seu casamento está caminhando para o fracasso devido sua dedicação as pesquisas.

Daniel é casado com Daisy e em um passeio que o casal realiza, ela sofre um grave acidente de jet-ski. Daysy fica em coma e então Daniel se une a um amigo, o doutor em química  Morgan Edwards e juntos trabalham na pesquisa de um composto capaz de criar outra realidade. Assim Daniel poderá ter contato com sua esposa.

“ – Se lembra de quando eu perdia minhas namoradas na faculdade e você sempre me fazia levantar e seguir em frente? Agora invertemos os papeis, é a sua vez de se levatar. Sua esposa precisa de você. Não há outro que tem mais propriedades no assunto, ninguém é tão qualificado quanto você”

Esse composto estudado por ele e seu amigo, permite que os pacientes em coma possam se comunicar com as outras pessoas e assim ter uma vida real/normal. O paciente vive em um “universo paralelo”, é basicamente uma criação de uma realidade produzida por sua própria mente.

Daniel e Morgan estão mudando a medicina e com um avanço tão importante, Morgan apresenta o composto KX-16 em um importante simpósio de medicina, o que desperta um enorme interesse do grupo cientifico. A partir desse ponto o enredo começa a se desenvolver como um suspense extremamente criativo.

 “- Meu Deus! Daniel, como fez isso?

– Não fiz, foi apenas minha imaginação.

– Ainda não compreendo. Estamos dentro de sua cabeça? De sua imaginação?

– Não, estamos em um lugar que minha imaginação ajudou a criar, só que é bem maior do que isso.”

O livro tem como enredo os conflitos que enfrentamos quando não sabemos se devemos escolher o amor ou a ética. Daniel e Morgan colocam toda a pesquisa em risco quando misturam suas vidas pessoais com os pacientes. E ai meu caro leitor, que nos encontramos em uma situação questionadora, pois o julgamento a respeito das atitudes dos personagens não entra em questão, mas sim o que você faria?

Será que somos tão éticos a ponto de negligenciar nossas emoções ou podemos ir contra nossa ética moral que envolve nossa carreia por escolha dos sentimentos?

“Saiba que nosso amor é disforme, assim como um liquido. Ele se molda a qualquer recipiente e na falta de um, se espalha sem ver nem em que lugar se abrigará. Não precisamos de abrigo, somos o abrigo um do outro, e nem a morte pode tirar isso de nós.”

Indico a leitura para todos aqueles que gostam e ficção com temática medica principalmente se gosta de um suspense que envolve romance.

Coma é um livro com capítulos curtos que dão velocidade à leitura, tudo flui com rapidez que logo você termina e fica aquela sensação de quero mais. Confesso que gostaria de um capitulo extra.

Até a próxima.

Deixe seu comentário