Resenha: O Segredo do Meu Marido – Liane Moriarty

2 de janeiro de 2017

Editora: Intríseca

Sinopse: Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta para ser aberta apenas depois que ele morresse. Imagine também que essa carta revela o pior e o mais profundo segredo dele – algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você esbarra nessa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo…
Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar de sua pequena comunidade, uma esposa e mãe devotada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia – ou uma à outra -, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela.
Emocionante, O segredo do meu marido é um livro que nos convida a refletir até onde conhecemos nossos companheiros – e, em última instância, a nós mesmos.

 

Hi, lovelies.

 

Hoje faço minha primeira resenha do ano de 2017.

Apesar dos pesares, 2016 foi ano em que me foi dada a oportunidade de, através do Tenho Mais Livros Que Amigos, realizar o grande sonho de resenhar livros. É realmente um grande privilégio, não sei se vocês tem noção do quanto. Já entro no ano novo com uma infinita gratidão.

Quero desejar um Feliz Ano Novo a todos os nossos leitores. Que 2017 seja um ano cheio de livros, e felicidades, e livros, e bênçãos e mais livros. Rs

Enfim, passando à resenha…

Uns anos atrás vi uma postagem de uma blogueira que na época seguia dizendo que estava a ler O Segredo do Meu Marido. Desde então tive uma super curiosidade sobre ele, mas acabou que só me presenteei com ele no final de 2017 e terminei a leitura ontem.

Ao contrário do que eu imaginava, o romance é um pouco pesado. Eu tive a errada impressão de que seria algum tipo de romance com corações partidos, mas não mesmo.

Na realidade a obra é um tipo de drama com suspense que envolve a vida de três famílias diferentes: os Fitzpatrick, os Crowley e as O’Leary.

Membra do primeiro sobrenome, Cecília é quem dá o nome ao livro: o segredo é do marido dela. Rachel Crowley sofreu um triste baque na vida alguns anos atrás e vive remoendo o passado. Por último, Tess O’Leary imaginava estar totalmente bem quando recebe a notícia que faz seu mundo desabar; e em razão disso vai às pressas para Sidney, onde a trama se desenvolve.

No decorrer do livro percebemos que a história das três famílias é de alguma forma afetada pelo segredo. Porém me senti um pouco atordoada até determinado ponto porque não conseguia entender o liame de tudo, as pontas estavam um pouco soltas.

E para ser real a vocês cheguei a pensar em desistir, estava muito perdida e não poda ver sentido em nada daquilo. Porém aí a narrativa começa a dar os nós certos nos lugares certos e um esboço se forma na sua cabeça.

É um livro perturbador! Não se engane pensando que sairá ao final com um sorrisinho no rosto, é totalmente o contrário.

Processed with VSCO with a6 preset

Ao leitor é trazido um questionamento profundo sobre a vida e tudo que a envolve. Somos instados a pensar nas nossas ações e como elas reverberam nas vidas à nossa volta.

Ao nos colocarmos no lugar de Cecília automaticamente ficamos verdadeiramente incomodados, uma vez que para responder às questões pelas quais ela passa nos perguntamos “e se fosse eu?”.

 

Nenhum de nós conhece todos os possíveis cursos que nossas vidas poderiam ter tomado. E provavelmente é melhor assim. Alguns segredos devem ficar guardados para sempre. Pergunte a Pandora.

 

Liane conduz a história de uma maneira que o final, totalmente imprevisível por sinal, torna-se o resultado de um ato realizado lá atrás que praticamente ninguém sabia. E com um toque de mestra a autora dá informações adicionais de como poderia ter sido se não tivesse sido daquele jeito. Rs Deu pra entender?

Não foi exatamente o livro mais fácil ou gostoso de 2016. Requer uma leitura mais centrada, mas vale bastante a pena.

Bem, meus amores, espero que tenham gostado.

Até 2017.

Beijinhos =*

1 Comentário