Resenha Temporada de acidentes

25 de julho de 2018

E se nem tudo for por acidente?

Ola leitores do meu coração.

Quem já leu Temporada de Acidentes?

Então vem conhecer ou me contar o que achou!

 

Temporada de acidentes

Moïra Fowley-Doyle
ISBN-13: 9788580578942
ISBN-10: 8580578949
Ano: 2016
Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Sinopse: Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo.
A temporada de acidentes vai começar.
Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores.
No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal?
Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.

“Todo segredo é um acidente esperando para acontecer.”

Cara e sua família vivem na Irlanda. Uma família normal que vira do avesso no mês de Outubro.
Esse mês é marcado por hematomas, cortes, ossos quebrados e, em alguns casos, até morte.
Mas o que assombra essa família?

“É a temporada de acidentes: acontece todos os anos na mesma época. Um período em que ossos quebrados, cortes e hematomas são frequentes. (…)A maldição da família.
Resumindo: apertamos os cintos, pois sabemos que o pior está por vir. Nunca saímos de casa sem pelo menos três camadas de roupa. Temos medo da temporada de acidentes. Temos medo da facilidade com que os acidentes se transformam em tragédias. Já passamos por muitas. ”

Cara tem 17 anos, uma irmã e um ex meio irmão postiço que sofrem com a maldição.

Uma vida comum que pode se transformar em um pesadelo!

“[…] Bea pigarreia, hesitante, mas, por fim, fala: – Acho… que essa temporada não vai terminar nada bem, Cara.Ela tenta me olhar nos olhos, mas estou vidrada nas cartas em cima da mesa.- Vai ser muito ruim? – pergunto, depois de um tempo.Com delicadeza, Bea toca minha mão enluvada e responde de modo suave:- Vai ser uma das piores.”

Enquanto todos aguardam o ultimo dia de Outubro para comemorar o Halloween, Cara e sua família aguardam com medo e esperança esse dia. No fim tudo piora, mas se sobreviverem a esse dia estarão salvos… até a próxima temporada de acidentes.

Um ano para se recompor, juntar os cacos e se preparar para a próxima temporada de acidentes.

Realidade e fantasia se misturam nessa dança envolvente que Moira Fowley-Doyle criou. É realmente incrível como a autora consegue nos envolver com sua palavras. Cheguei a sentir as dores dos personagens. Sofri com Cara, quis bater em alguns personagens! Outros eu quis abraçar e consolar…

“Tento me convencer de que não acredito que, todo ano, durante um mês, minha família fique inexplicavelmente mais propensa a sofrer acidentes. Tento fingir que não me lembro dos acidentes — os grandes, os graves — nem das tragédias do passado.”

Ninguém toca no assunto, principalmente Alice.
Mas esse ano promete ser o pior! E Cara não aguenta mais isso. Como viver assim?

“Sinto como se as proteções espalhadas pelos móveis da casa fossem me sufocar, como se não houvesse ar suficiente para respirar. Tenho a impressão de que muita coisa não está sendo dita. Acho que minha família toda é assim: evitamos falar das coisas sobre as quais não podemos falar e cobrimos cada superfície para nos proteger do momento inevitável em que tudo virá à tona.”

Existem muitos segredos não ditos. Alguns piores que outros. Mas por quanto tempo um segredo consegue ficar escondido? Quanto tempo até que os segredos possam sufocar essa família?
E em meio a tudo isso, há alguém que pode saber onde encontrar as respostas que todos buscam. Elsie. Uma garota que sempre esteve ao lado de Cara, mas parece que nunca foi notada. Em todas as fotos, em todos os cantos.
Quem é Elsie? Como alguém pode estar sempre com você mas não ser notada? É como se ela nunca estivesse lá.
E o que ela tem a ver com a Temporada de Acidentes?

Uma leitura leve e divertida. Um toque magico que vai envolver você!

A capa é muito linda, e os capítulos bem delineados.
Gostei dos temas usados: adolescência, drogas, bebidas, homossexualidade e amor proibido. Tudo isso, somado a fantasia, bruxas, maldiçoes, me deixou grudada nas páginas até o final.

 

Venham descobrir com Cara e sua família, os segredos da Temporada de Acidentes, onde as marcas podem se externas, mas também podem ferir você por dentro. Corações podem ser partidos. Almas salvas ou condenadas.
Nessa narrativa sombria, os segredos mais obscuros e perigosos serão despertados.

“Então, brindemos à temporada de acidentes, ao rio que corre sob nossos pés, onde naufragamos nossas almas, aos hematomas e aos segredos, aos fantasmas no sótão, mais um brinde à estrada de água.”

Brindemos a essa leitura que me fez acreditar que acidentes nem sempre acontecem por acaso. E que o destino pode trazer muitas surpresas. Pode trazer lobos, fadas, elfas…
E morte.

Deixe seu comentário